Esquentadores

 

         

      Atmosférico           Ventilado          Estanque

 

Os três tipos de esquentador mais comuns são os atmosféricos, os ventilados e os estanques. Nos atmosféricos e ventilados o ar para a queima é captado da divisão onde o aparelho está instalado. A evacuação dos gases de combustão é feita, no caso dos atmosféricos, de forma natural, através de uma conduta apropriada. Nos modelos ventilados, a evacuação é facilitada através de um ventilador colocado à saída do aparelho. 

Nos estanques, existe uma conduta ligada diretamente ao exterior responsável quer pela captação de ar para a admissão quer pela evacuação dos gases queimados. 

Segurança começa na instalação

 

As dimensões do local de instalação devem ser consideradas na escolha do tipo de esquentador. Para assegurar a adequada evacuação dos gases num modelo atmosférico, é necessária uma tubagem vertical com, pelo menos, 20 cm de altura: só depois se pode fazer a curva. Segues-se outro troço ascendente com, pelo menos, 3º de inclinação: nunca pode ser horizontal. Estas restrições impedem, muitas vezes, a instalação deste tipo de aparelhos, pelo que o recurso a um modelo ventilado é cada vez mais comum.

Instalar o esquentador perto dos locais de utilização, com exceção da casa de banho, reduz as perdas de calor nos canos e permite que a água aqueça mais rapidamente.

Qualquer que seja o esquentador escolhido, a sua instalação e manutenção devem ser feitas por um técnico credenciado. Uma deficiente instalação do aparelho ou falta de manutenção pode provocar fugas de gás ou produção de monóxido de carbono. As manutenções periódicas devem ser feitas segundo o indicado pelo fabricante no manual de instruções. No sítio da Direcção Geral de Geologia e Energia (www.dgeg.pt) encontra uma lista com os técnicos credenciados. 

Todos os aparelhos incluem um dispositivo de segurança que bloqueia a saída do gás, desligando o esquentador, quando há retorno dos gases de combustão (no caso de o vento no exterior ser muito forte, por exemplo). Este dispositivo nunca deve ser desviado ou desligado. Caso contrário, se ocorrer uma anomalia na exaustão, pode haver retorno dos gases de combustão, o que é perigoso para os ocupantes da habitação.

 

Características a reter

 

Os esquentadores que aquecem 11 litros de água por minuto permitem tomar um duche ou encher, num tempo aceitável, uma banheira de tamanho normal. Para que duas pessoas possam tomar banho ao mesmo tempo, quando há duas casas de banho, por exemplo, terá de optar por um modelo com maior capacidade.

Nos modelos ditos automáticos (sem chama-piloto), basta abrir a torneira da água quente para ligarem. O sistema eletrónico de ignição pode funcionar a pilhas, a eletricidade ou através de um gerador próprio movido pela água que passa no esquentador. No caso dos modelos a pilhas, aconselhamos o uso de recarregáveis e a verificação anual das mesmas. 

Os aparelhos com potência modulável adaptam o consumo de gás em função da intensidade da chama e da pressão da água. Tal faz com que a temperatura da água se mantenha, mesmo quando se abrem duas torneiras em simultâneo. Quer abra muito a torneira ou pouco, a água quente é produzida de forma contínua e a uma temperatura constante.