Caldeiras

Consumo reduzido, melhor rendimento!

 

Com preços mais acessíveis do que as caldeiras de condensação, as convencionais, mesmo assim, não dispensam uma análise do investimento requerido e da zona onde habita. Convém ainda saber se ganha com o investimento extra nos modelos de condensação. 

A seleção da potência mais adequada depende de fatores como a área da casa, o tipo de construção e a zona do País. Se na sua habitação for possível ligar a exaustão de fumos diretamente para o exterior, uma caldeira estanque é uma boa compra. Distingue-se da ventilada pelo facto de o ar ser captado do exterior e evitar problemas de segurança quando as condutas de exaustão estão mal dimensionadas ou construídas. 

Veja os custos de utilização.

 

  A característica mais importante de uma caldeira é a eficiência. Uma caldeira 80% eficiente transmite esse valor energético para a água e desperdiça 20% pela chaminé ou outras zonas.

Para otimizar o rendimento, respeite os planos de manutenção indicados pelo fabricante. Além de contribuir para que o aparelho se mantenha em bom estado e segurança, otimiza o funcionamento com baixa de consumos.

Programe a caldeira de forma correta. Quando essa possibilidade estiver disponível no aparelho, altere a caldeira do ciclo de inverno (aquecimento e produção de águas quentes sanitárias) para o ciclo de verão (só produção de águas quentes sanitárias).

Procure ajustar a produção de águas quentes sanitárias e aquecimento para valores próximos de 45 a 55°C. Regule a temperatura segundo as necessidades de aquecimento, sobretudo no inverno e nas meias estações. Pondere instalar termóstatos para melhor controlar. Regule a temperatura das divisões da casa para os 20 a 22°C. De noite reduza para 15 a 16°C ou desligue.

Os termóstatos sem fio oscilam entre os 100 e os 200 euros. Os valores apresentados foram obtidos através de contacto com instaladores. Nas caldeiras convencionais, o custo de instalação ronda, em média, € 175 (entre um mínimo de € 80 e um máximo de € 300), ou seja, quase 15% do custo do aparelho.

 

Condensação: mais de 10 anos para compensar

A Guarda é a cidade onde mais rapidamente compensa investir numa caldeira de condensação. Mas tem de esperar 11 anos. Em Lisboa e no Porto há o risco de nunca amortizar o investimento.

 

Coordenadas antes de comprar

As caldeiras murais a gás, convencionais ou de condensação, nem sempre compensam. Sem pré-instalação, compre ar condicionado e esquentador.

 

 

Caldeira convencional vs. caldeira de condensação 

Na caldeira convencional, um único permutador recebe o calor da queima do gás e transfere-o para a água, encaminhada depois para os radiadores e para as águas quentes sanitárias. Não há aproveitamento do calor residual dos gases.

Na caldeira de condensação, um segundo permutador aproveita o calor residual dos gases de exaustão para pré-aquecer a água para os radiadores antes de esta ser aquecida no permutador principal. Aproveita-se o calor residual dos gases.

 

Solicite já a visita da Técnigás!

Nós temos os melhores preços e as melhores soluções para si!